Inventário de TI: Como fazer!

O inventário de TI, ou ITAM (IT assent management) envolve informar ao administrador de rede todos os dispositivos e softwares que estão conectados à sua rede, além, é claro de peças extras de hardware armazenadas.

Assim como em qualquer outro empreendimento, é fundamental fazer um inventário na área de TI. Saber o que exatamente é cada peça do grande sistema que é sua empresa em termos de dispositivos e tecnologia é importantíssimo não apenas na hora de investir em novos produtos, como também para corrigir erros e saber o que precisa ser modernizado.

Por que o inventário de TI é importante?

Pode parecer que manter um inventário atualizado é desperdiçar mão de obra, mas sente-se e faça algumas peguntas a si mesmo:

  1. Quantas máquinas tenho, atualmente, em meu empreendimento?
  2. Todas têm o mesmo hardware?
  3. Qual o sistema operacional está rodando nelas?
  4. E quanto ao software? Está tudo atualizado?
  5. Quantos terminais tenho?
  6. E impressoras?
  7. Qual é a idade dessas máquinas?
  8. Todo software que eu uso é licenciado?
  9. Quantos IPs há em minha rede?
  10. Quem são os usuários que acessam máquinas?
  11. Preciso de mais produtividade em alguma máquina?
  12. Minhas licenças estão todas compradas e atualizas?
  13. Para algum setor, a mobilidade de um notebook ou tablet é mais vantajosa?

Sem um inventário, provavelmente você não saberá responder a todas essas perguntas, e não consegue fazer uma boa gestão de seu TI.

Como fazer um inventário de TI?

Primeiramente, é preciso saber que existe uma norma de regulamentos para software, a SAM (Software Asset Management). Todos sabemos que o hardware possui vida útil, e isso fica mais visível, afinal, é algo palpável. No entanto, muitos descartam a SAM e deixam para trás modernização e atualizações.

A ISO, International Standards Organization, especialmente sua família 19770, se foca em estabelecer padrões para a atualização de hardwares e softwares, além de oferecer boas práticas sobre o gerenciamento e inventário de TI.

Quanto ao controle em si, há diversas maneiras de efetuar o controle de sua empresa e contrapô-lo ao ISO para confirmar sua funcionalidade e sua vida útil. Dentre eles, é possível fazer uma simples planilha, por exemplo. Essa é a forma como a maioria das empresas pequenas, e até empresas grandes, fazem seu controle.

No entanto, é preciso de um grande comprometimento para garantir que essas planilhas continuem sempre atualizadas. De certa forma, isso é vantajoso, pois garante um monitoramento humano constante no setor.

Na atualidade, uma das melhores formas de fazer um bom inventário é contar com ferramentas, sejam elas open source ou pagas, que identificam o que está conectado à sua rede e categorizam os aparelhos, identificando até mesmo softwares, categorias e idade, dependendo da escolha de ferramenta.

É claro que ainda será necessário, em qualquer dos casos, ter um certo trabalho manual, seja ele para conferir aquilo que foi automaticamente preenchido, seja para completar uma lista, ou mesmo para marcar as peças extras em estoque, frequentemente esquecidas, mas ainda assim importantes.

Independentemente de sua escolha, o importante é marcar aquilo que é relevante para a empresa e o ISO: quais programas rodam, qual usuário utiliza qual máquina, qual a idade, tipo, etc. Manter um bom inventário é importantíssimo para garantir um funcionamento adequado das máquinas!

Conclusão

Como podemos ver, investir em tecnologias eficientes não significa desperdiçar recursos financeiros, e sim aplicar parte da verba da empresa em soluções que certamente a farão ganhar vantagens competitivas. Principalmente nos dias de hoje, é importante que os gestores não vejam mais o investimento em TI como um custo, e sim como algo extremamente importante para a continuidade de seu negócio no mercado.

Viu só quantas razões para sua empresa investir em tecnologia? Então não perca tempo e conheça as nossas soluções tecnológicas! Se tiver ficado com alguma dúvida, basta entrar em contato conosco ou deixar as suas dúvidas nos comentários!

Baixe o E-book 50 softwares gratuitos para você ganhar produtividade sem gastar dinheiro

Conheça a solução de Inventário OCS

Paulo Oliveira

Paulo Oliveira

CEO Linux Solutions em LInux Solutions Informática
Empresário do ramo de tecnologia há mais de 18 anos, líder em consultoria, serviços e soluções baseadas na plataforma Linux. Especializações: Segurança, Servidores, Linux, Open Source, SW Livre Parcerias: Untangle e Bacula do Brasil.
Paulo Oliveira

inventário


Paulo Oliveira

Empresário do ramo de tecnologia há mais de 18 anos, líder em consultoria, serviços e soluções baseadas na plataforma Linux. Especializações: Segurança, Servidores, Linux, Open Source, SW Livre Parcerias: Untangle e Bacula do Brasil.

Copyright © 2000 - 2018 - Linux Solutions
Av. Presidente Vargas, 482 - sala 326 - Centro Rio de Janeiro - RJ
21-2526-7262 contato@linuxsolutions.com.br

Agencia de Crescimento